26 de março de 2011

COMPUTADORES CONFIRMAM A BIBLIA

O Sr. Harold Hill, Presidente do Curtis Ensigne Company em Maryland nos Estados Unidos e consultor do programa espacial daquele país, relata o seguinte: “Cremos que uma das coisas mais extraordinárias que Deus nos tem mostrado ultimamente aconteceu há pouco com os nossos astronautas e cientistas espaciais em Green Belt, Maryland”. Eles estavam conferindo a posição do sol, da lua e dos planetas no espaço e onde estes estariam daqui a 100 e 1000 anos. É necessário projetar a órbita dos satélites artificiais pela vida do satélite natural para evitar problemas no futuro. Um supercomputador foi posto funcionamento, tanto pra frente como para trás, mas de repente ele parou, um sinal vermelho apareceu, indicando que algo estava errado ou com informação dada ou com resultado do estudo. Os técnicos foram chamados para verificar o aparelho, mas este foi encontrado em perfeito estado. O diretor do departamento quis saber o que havia de errado. Os cientistas responderam que haviam dado falta de um dia no tempo passado. Coçaram a cabeça e puxaram os cabelos, mas não havia explicação. Um religioso da equipe disse: “Certa vez quando assisti uma escola dominical, falaram que o sol havia parado durante um dia”. Ninguém acreditou nele, mas na falta de outra informação, disseram: “Mostre-nos onde isto está na Bíblia. Ele pegou a sua Bíblia e no Livro de Josué achou uma declaração ridícula para cada qualquer pessoa de “bom senso”. Lá estava escrito a palavra do Senhor a Josué, dizendo: “Não os temais, porque os tenho dado na tua mão, nenhum deles não poderá resistir”, Josué estava preocupado, pois estava cercado pelo inimigo e se escurecesse, seria dominado por ele, Josué então pediu a Deus que parasse o sol. Isto mesmo, o sol se deteve e a lua parou e não se moveu por quase um dia inteiro. Voltaram aos tempos de Josué e descobriram que se perderam naquela época, 23 horas e 20 minutos, “quase um dia inteiro”. Estas palavras pequenas são importantes na Bíblia, mas os cientistas ainda tinham um problema, pois faltavam ainda 40 minutos. Um erro de 40 minutos agora traria sérios prejuízos daqui a uns 1000 anos. Precisavam achar esses minutos, porque para um satélite em órbita, esta diferença aumenta cada vez mais. O “religioso” da equipe se lembrou que a bíblia dizia em outro lugar que o sol voltara para trás. Os cientistas disseram: “Você está louco”, mas mesmo assim pegaram a Bíblia e leram em II Reis: “Ezequias, acamado e nas ultimas recebeu a visita do profeta Isaías. O profeta disse ao rei que este não morreria. Ezequias pediu um sinal como prova, Isaías lhe perguntou: “Quer que o sol progrida 10 graus ou volte 10 graus? Ezequias respondeu que seria fácil a sombra declinar 10 graus, mas não voltar 10 graus. Dez graus são exatamente 40 minutos. Somando 23 horas e 20 minutos do tempo de Josué mais 40 minutos que o sol regridiu em II Reis tem-se um total de 24 horas, que havia faltado nos cálculos dos cientistas.
(THE EVENING STAR MAGAZINE, Spencer, Indiana, 1979)
Ref: Josué 10: 8-12 e 13; II Reis 20: 1 a 11.

Um comentário:

  1. Blog ótimo, nota 9. Só não é 10 por causa dessas "evidências" religiosas...

    ResponderExcluir